top of page

Estabelecimento de Período Eleitoral Interno

Resolução

Estabelecer um período mínimo de 60 dias de antecedência, antes da Conferência Ordinária, onde se escolhem os novos dirigentes, para que o corpo de Filiados possa participar ativamente tanto como Filiados que buscam defender ou propor medidas para aperfeiçoamento do Partido, como o credenciamento prévio daqueles que desejem integrar o Diretório/Executiva, da seguinte forma:

1) Após abertura do período, a Executiva Municipal, ou Coordenação que tenha sido atribuída tal finalidade, receberá currículo, propostas e os cargos/funções dos candidatos;

2) Cada candidato terá tais informações publicada ou disponibilizada para que o corpo de Filiados possa conhecer o mesmo, suas ideias, suas propostas e o cargo que pleiteia;

3) Permitir ao próprio Elo, de forma antecipada, identificar a existência ou não de lacunas, ou seja, cargos e funções onde não existam candidaturas;

4) Proporcionar reuniões entre os postulantes, a fim de que possam defender seus pontos de vista e proposições, proporcionando aos Filiados maior convicção na hora de realizar as escolhas para os referidos cargos/funções;

5) Proporcionar maior transparência, horizontalidade, alternância de poder, ao conceder maior prazo antes da Conferência, evitando arranjos pontuais em cima da hora, sem que os Filiados possam exigir e ou obter informações sobre os Filiados que porventura estejam inseridos neles;

6) Ainda que a opção da formação de chapas - mecanismo estatutário vigente - seja constituída, a Conferência terá maiores informações sobre as candidaturas, tendo maiores possibilidades de escolher o Diretório com mais informações e convicção.

A Rede Sampa necessita de mecanismos de recomposição de suas gestões mais transparentes, bem como de maior participação dos Filiados.

A criação de um período antecedente para o pleito (como um período de campanha eleitoral) permite aos Filiados dirigentes e não dirigentes maior transparência e horizontalidade, estabelecendo prazo para quem deseja participar dos processos decisórios, se apresentar ao corpo de Filiados, defender seus pontos de vista, publicar e defender propostas, estimulando a participação interna, democratizando os processos sucessórios.

Aproxima os Filiados, independentemente das intenções de se constituírem representantes, na medida em que poderão conhecer seus colegas redeiros, debater de forma saudável seus posicionamentos, facilitando, futuramente, a obtenção de consensos ou a eleição consciente.

bottom of page